"SE PENSO ... LOGO EXISTO"

20
Abr 10

Com o aparecimento do telemóvel, surgiram situações inovadoras na vida de todos nós. A capacidade de poder em qualquer lugar, se tiver rede de cobertura, contactar com quem quiser, é absolutamente aliciante. Mas, isso pode provocar vantagens e desvantagens. Perante o meio social, era no início, considerado um utensílio totalmente dispensável, e também não era acessível a todas as pessoas, derivado ao preço elevado dos primeiros modelos. As redes de comunicação ainda eram escassas, e não cobriam todo o território nacional. Era principalmente usado pelos executivos, empresários e pessoas com posses, que os usavam nos carros para tratar de variados negócios. Isso era uma das vantagens que o telemóvel proporcionava. Poder fazer negócios instantaneamente. No uso privado, podíamos ser contactados a qualquer altura, e em qualquer lugar. Com a expansão das novas redes de telecomunicações, as capacidades dos telemóveis também evoluíram bastante.  No inicio, os ecrãs eram a preto e branco. Os chamados visores apresentavam já além dos números, algumas características tais como, mensagens escritas, agenda de contactos, etc...mas tudo ainda muito primitivo. Essa evolução foi-se fazendo gradualmente, e com o avanço da tecnologia, as coisas melhoraram bastante. Uma coisa era realmente certa, a proximidade entre as pessoas tornou-se uma das grandes vantagens da utilização dos telemóveis. O longe ficou mais perto. A comunicação, mesmo afastada, das pessoas aproximou as relações privadas, pessoais e particulares de toda a gente em geral. A evolução dos telemóveis com a tecnologia trouxe-nos também bastantes vantagens. A inclusão dos toques polifónicos e mais tarde o mp3, fez subir os telefones para outro patamar. A particularidade de poder ouvir as nossas músicas preferidas era uma característica muito aliciante. É como se tivéssemos o nosso aparelho de mp3 particular, juntamente com o telefone. Mais tarde, a junção da câmara de fotografar e filmar, fez revolucionar completamente o telefone portátil. O telemóvel acabava por se tornar quase um utensílio de segundo plano, com tantas características à escolha, as chamadas em si, começavam a ficar para trás. As mensagens agora ficavam muito mais aliciantes, podendo haver a facilidade de escrever e adicionar uma foto. Isto começou a ser um hábito, pelo menos para os adolescentes. Com esta particularidade, apareceu também, a escrita personalizada para as mensagens entre os telemóveis. O que para mim é considerado uma grande desvantagem na evolução dos telemóveis. Começou-se a adoptar uma escrita abreviada, um tipo de calão que servia para poupar palavras nas mensagens escritas, podendo assim, ser enviado mais conteúdo. O pior, é que se começou a espalhar por todo o lado, generalizou-se, pelo menos entre os adolescentes. Começou a ser prática comum, esse tipo de escrita em quase tudo, incluindo os exercícios da escola, os testes, os textos, enfim, quase tudo. O português levou uma grande martelada com este tipo de escrita, e o pior, é que não se faz nada para combater esta ameaça à nossa língua, já que os adolescentes de hoje, são o nosso futuro. Que espécie de futuro teremos se não se emendar o presente, destas calamidades? Um dos aspectos que na minha opinião acho extremamente ridículo, é a irresponsabilidade de alguns pais, darem telemóveis a crianças. Estamos a entrar no exagero, existem crianças com 7, 8 anos que já possuem telemóvel. E não são dos baratinhos. Estamos cientes, que os telemóveis podem ser uma arma muito eficaz para os problemas da sociedade, como a pedofilia. A criança ao ter acesso a um telemóvel, poderá contactar os pais mais rapidamente, em caso de assédio sexual por parte de algum estranho. Mas se for provado, que as ondas electromagnéticas provocadas pelos telemóveis, quando recebem chamadas, serão uma realidade, que poderão os pais dizerem se os seus filhos contraírem alguma doença grave? Quanto mais novos começarem a usar telemóvel, mais tempo se estarão a expor às radiações. Isso talvez pudesse ser evitado, caso os pais pensassem um pouco neste caso. Tudo isto é muito bonito, mas se avaliarmos a realidade dos factos, existem ainda muitas desvantagens, que igualadas em mesmo número com as vantagens, são no mínimo bem piores, porque são desvantagens que fazem mal à saúde. E as vantagens, não chegam para solucionar as maleitas das desvantagens! 

Resta-me pouco mais para falar acerca dos telemóveis. Vou, no entanto, salientar uma das grandes desvantagens, que na minha opinião, considero que foi o objecto que mais contribuiu para o afastamento humano entre as pessoas. Ou seja, antes da sua invenção, estas compartilhavam informação, falavam, riam e expunham as suas opiniões directamente. Era muito saudável, poder comunicar directamente com os nossos amigos e conhecidos. Agora, devido ao telefone, muitas vezes já não existe esse factor humano directo. Perdeu-se bastante a esse nível, e com muita pena minha, porque eu ainda sou desse tempo saudável, que quando queria falar com os meus amigos, tinha de procurá-los! Além disso, o telemóvel trouxe também uma doença que quase ninguém se apercebe, que é a dependência! A dependência do uso do telemóvel, tornou-se caricata. E infelizmente já aconteceu comigo. Já cheguei a voltar atrás, para ir buscar o telefone esquecido em casa! Isso nunca poderia ter acontecido. Só mostra o vício ao qual estamos expostos. Mas se considerarmos todas as vantagens, e se conseguirmos ter alguma personalidade, poderemos com certeza fazer um uso apropriado do telemóvel.

publicado por thedarksideofmymind às 11:03

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


arquivos
2012

2011

2010

2009

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO